top of page

Network em viagens: 5 dicas de como fazer

Viajar a negócios pode ser uma grande oportunidade para ampliar o contato com outros profissionais da área, clientes e fornecedores, potencializando a sua rede de conexões para novos negócios e estratégicas parcerias. Mas, você sabe como fazer network em viagens?



Pessoas que sabem como realizar boas práticas de network durante as viagens conseguem estabelecer uma rede de contatos baseada em interesses empresariais e profissionais similares.


Bons e sólidos relacionamentos profissionais podem auxiliar na hora de mudar de carreira ou mesmo conquistar uma promoção, ampliar seus horizontes de mercado, descobrir tendências ou ainda fechar novos negócios.

Por isso, fazer network em viagens é benéfico tanto para empresas, quanto para o desenvolvimento de carreiras profissionais.


Mas como é possível aproveitar a oportunidade de uma viagem a trabalho para potencializar seu network?


Para ajudar você a tornar a sua estadia em outra cidade ainda mais proveitosa, listamos a seguir algumas dicas. Continue a leitura e confira!


Confira 5 dicas para fazer network em viagens

O network literalmente promove a ampliação da rede de contatos, desse modo o profissional terá novos vínculos no mundo dos negócios, bem como terá a chance de fazer novas amizades pessoais.


No entanto, ao fazer network em viagens é preciso ter em mente que as conexões criadas só serão realmente sólidas se as relações forem cultivadas.


Por isso, é preciso não esquecer de fomentar o relacionamento com os contatos feitos durante a viagem após retornar para casa.


Abaixo, confira as dicas que separamos para ajudar você a fazer um excelente network durante a sua próxima viagem a trabalho.


1- Prepare- se antes de embarcar

Fazer um bom networking envolve planejamento e começa antes mesmo da viagem em si. Por isso, o ponto inicial deve ser buscar todas as informações possíveis acerca do evento que você irá participar.


Busque, por exemplo, informar-se sobre todas as reuniões agendadas, a programação completa de palestras ou simpósios, assim como quem estará presente nessas ocasiões.


Com base nessas informações, comece a pensar em temas interessantes que possam ser abordados com os outros participantes do evento, bem como quais são as relações mais estratégicas que você deseja estabelecer.


Para aprofundar seu conhecimento acerca dos participantes é válido procurar detalhes complementares na internet e principalmente em redes sociais com foco no ambiente profissional, como o Linkedin.


2- Tenha uma conduta profissional

Durante a viagem, o profissional deve sempre lembrar que suas condutas terão reflexo nos seus propósitos profissionais e comerciais. Assim, é preciso manter um comportamento condizente com a imagem que se quer transmitir.


A timidez e a introversão podem ser desafios a serem vencidos na hora de interagir com colegas ou potenciais parceiros e clientes.


Seja você mesmo, não tente forçar uma personalidade diferente e procure trocar ideias, bem como demonstrar interesse pelas falas do interlocutor.


Busque valorizar seus pontos fortes e fortaleça a confiança em seu potencial profissional, sempre priorizando a conduta ética e evitando falar mal de outros profissionais.


3- Aproveite o happy hour

O network em viagens não precisa ser limitado aos eventos formais agendados. Muitas vezes é justamente após a finalização de um workshop ou reunião que surge uma boa chance para interação entre os profissionais.


Seja tomando um drink no happy hour, no intervalo para o cafezinho ou mesmo durante a pausa para o almoço, aproveite para estabelecer novas conexões com profissionais de outras empresas ou cidades.


Estender uma conversa em um ambiente informal costuma também possibilitar a chance das pessoas se conhecerem melhor, o que favorece o estreitamento de laços que podem ser estratégicos.


4 - Não esqueça de deixar cartões de visita e outros contatos

Essa é uma dica que à primeira vista pode parecer simples, mas é extremamente valiosa. Esquecer de trocar contatos pode pôr a perder todas as interações estabelecidas com as novas conexões obtidas durante a viagem, pois não será possível cultivar estes relacionamentos.


É necessário garantir que você será acessível para seus novos contatos, assim como poderá acessá-los a qualquer momento. Por isso, tenha em mãos seus cartões de visita e também procure fornecer outros modos de contato como endereço de e-mail e números telefônicos profissionais.


Em tempos de redes sociais, também é recomendável enviar uma solicitação de amizade por meio das plataformas digitais.


5- Busque uma hospedagem que garanta acesso a uma boa estrutura de mobilidade urbana

A mobilidade urbana é um aspecto que deve ser considerado com atenção durante uma viagem de negócios. Ter fácil acesso a diversas modalidades de transporte permite fazer deslocamentos mais rápidos, evitando atrasos em compromissos e possibilitando estar presente de modo ágil em eventos.


Isso pode ser traduzido na prática em mais tempo para descansar, tomar um bom café da manhã com calma, se preparar para a agenda do dia seguinte e também realizar network.


Desse modo, fique atento na hora da escolha da hospedagem e selecione um hotel bem localizado, com facilidade de acesso a diversos pontos da cidade e preferencialmente próximo de restaurantes, bares e shopping centers.


Hotel George V Casa Branca: mobilidade urbana e infraestrutura

O Hotel George V Casa Branca fica na região dos Jardins, uma das mais privilegiadas localizações de São Paulo. Além disso, a mobilidade urbana e a infraestrutura comercial são alguns dos pontos fortes da área.


A região dos Jardins também é conhecida como um dos centros comerciais mais nobres do país. A Rua Oscar Freire, além de lojas, reúne restaurantes, bares e cafés.


Faça hoje mesmo a sua reserva no George V Casa Branca e aproveite com sofisticação a sua estadia em São Paulo para realizar um network de sucesso.






bottom of page